CONTATOS

E-mail: esportecascavel@gmail.com
MSN: dokruger@hotmail.com
Twitter: www.twitter.com/esportelocal
Fone: 45 9949 1863

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

VÔLEI


Seleção feminina chega a Maringá

A seleção brasileira feminina de vôlei teve um torcedor especial assim que chegou a Maringá. Cumprindo compromissos de sua agenda, o Presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, fez questão de receber a equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães na Vila Olímpica, onde fica o ginásio Chico Neto, palco dos dois primeiros amistosos entre Brasil e Estados Unidos no sábado e domingo, a partir das 21h30, com transmissão ao vivo do canal Sportv.

Primeiro treino nesta sexta-feira

A seleção feminina fará o primeiro treinamento no ginásio Chico Neto nesta sexta. O time brasileiro treinará das 10h30 às 12h. Antes das 9h às 10h30, será a vez de o time dos Estados Unidos treinar no ginásio de jogo.

Na parte da tarde, as equipes voltarão a trabalhar. As norte-americanas treinarão das 17h30 às 19h, enquanto as brasileiras, das 19h às 20h30.

Londrina e Arapongas

Os jogos amistosos contra os Estados Unidos serão a despedida da equipe da torcida brasileira antes da disputa do Campeonato Mundial, que será realizado entre os dias 29 de outubro e 14 de novembro, no Japão.

Depois dos dois jogos em Maringá, os times voltarão a se encontrar na terça, 28, a partir das 20h. Desta vez em Londrina (PR), no Ginásio de Esportes Professor Darci Cortez, o Moringão. Na quarta, 29, no mesmo horário, brasileiras e norte-americanas fazem o último jogo amistoso, no ginásio de Esportes Luiz Augusto Zin, na cidade de Arapongas, no mesmo horário.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

MOVIMENTO NA PISTA


Kart agita Francisco Beltrão

Palco de provas memoráveis até o início da década de 90, o Kartódromo João Batista Arruda, de Francisco Beltrão, no Sudoeste do Paraná, voltará a viver as emoções da categoria escola do automobilismo e no próximo domingo (dia 26/9) sediará a 4ª etapa da Copa Paraná de Kart e a 4ª e decisiva etapa da Copa Oeste Sudoeste de Kart. A final da Copa Oeste Sudoeste é a primeira decisão do kartismo paranaense em 2010.

Segundo Éverson Behne, presidente da Associação Beltronense de Kart (ABK), para voltar a integrar o calendário estadual a pista do kartódromo João Batista Arruda recebeu nova camada asfáltica e reforma em todas as suas instalações. “Foram colocadas barreira de pneus em todos os pontos de risco, melhorando a segurança aos pilotos. Nosso kartódromo este novinho em folha”, acentua Éverson Behne.

A prova, que terá supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), terá a participação de aproximadamente 100 pilotos do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Paraguai e Argentina.

A Copa Oeste/Sudoeste chega à final equilibrada, fazendo com que a prova de Francisco Beltrão terá fortes emoções. Felipe Augusto Americano, de Cascavel, lidera a categoria Mirim; Everson Behne (Francisco Beltrão), a MY; Murilo Fiore de Barcellos (Campo Mourão), Infanto-juvenil; Jorge Hainer Meurer (Cafelândia), Five Speed; Cláudio Dall Agnol (Guarapuava), Fórmula 4 – 13 HP; Eduardo Pimenta de Souza (Paraguai), Sênior; enquanto que Diogo Ricardo Dalchiavon (Pato Branco) e Mateus Monhani Barella (Cianorte), dividem a liderança da categoria Graduados, com 67 pontos.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

HANDEBOL


Meninas de Cascavel vencem

O técnico Marcos Galhardo reconduziu no fim de semana o CHC/Colégio Santa Maria/Prefeitura de Cascavel, ao título da Copa Oeste de Handebol Juvenil. A competição foi disputada em Santa Helena com outras 15 equipes, entre masculino e feminino.

Na decisão, com direito a “Clássico da Soja”, contra Toledo, as cascavelenses fizeram 16 a 11 para abrir a comemoração. O título também significou a retomada da Copa Oeste que havia sido interrompida em 2009, justamente pelas adversárias.

E a conquista também veio de forma invicta na fase final. Foram vitórias contra Foz do Iguaçu (23x15), Maripá (26x6), Matelândia (17x14) na primeira fase. Na semifinal Cascavel passou por Francisco Alves por 22 a 12.

Atuaram na equipe campeã as atletas Aline, Ana Luisa, Brenda, Bruna, Cíntia, Fernanda, Gislaine, Hadryelly, Isabela, Juliana, Kelly, Mariana, Milena e Thamires.

Já o masculino, da Prefeitura de Cascavel/Marista terminou em sexto lugar, mas fez jogos que agradaram o técnico Cesar Roberto Casagrande. Nas três derrotas nenhum placar ultrapassou os cinco gols – 16x20 Francisco Alves – 18x22 Toledo – 15x16 Medianeira – a única vitória veio contra Foz do Iguaçu (20x17).

Além da Prefeitura de Cascavel e Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, o handebol feminino tem apoio das empresas CEOT, Unifisio, Cromoarte, Caio Buffet, Jada, MD, Academia Marista, Mion, DS Segurança,B & M Saúde Semel. Já o masculino tem o respaldo das empresas Motopark, IV, Lucinha Silveira e Cobra Aviários.

Classificação Final

Feminino
1º - Cascavel
2º - Toledo
3º - Francisco Alves
4º - Foz do Iguaçu
5º - Matelândia
6º - São Miguel do Iguaçu
7º - Maripá
8º - Mariluz

Masculino
1º - São Miguel do Iguaçu
2º - Francisco Alves
3º - Toledo
4º - Santa Helena
5º - Medianeira
6º - Cascavel
7º - Corbélia
8º - Foz do Iguaçu

terça-feira, 7 de setembro de 2010

VÔLEI E HANDEBOL


Santa Helena e Marechal recebem regionais no fim de semana

As cidades de Santa Helena, com handebol e Marechal Cândido Rondon com voleibol, recebem a partir de sexta-feira (10-09), duas competições regionais que prometem movimentar as praças a esportivas.

Depois de três etapas classificatórias, a Copa Oeste de Handebol Juvenil vai apontar os campeões da temporada com a participação de 16 equipes entre masculino e feminino.

A rodada de abertura está prevista para as 18h e serão usados os ginásios de esportes da Vila Rica e Municipal. As cidades de Cascavel, no feminino e Francisco Alves, no masculino vão defender os títulos. Esta competição é organizada pela Liga Oeste de Handebol, em parceria com os municípios sedes.

Em Marechal Cândido Rondon, a Copa Oeste de Voleibol Masculino terá dupla. Além da categoria 92, que envolve os representantes dos municípios nos Jogos da Juventude, a 4ª etapa da competição também vai envolver atletas nascidos a partir de 95 como apresentação dos atletas que formarão as equipes nos próximos anos.

A equipe da casa lidera a competição com dois pontos a frente de Cascavel (34 a 32). Os jogos serão desenvolvidos nos ginásios do Colégio Martin Luther e da Vila Gaúcha. Também participam as cidades de Assis chateaubriand, Cianorte, Céu Azul, Foz do Iguaçu, São Miguel do Iguaçu e Toledo.

VÔLEI


Atleta de São Miguel do Iguaçu treina com a Seleção

O ponteiro Daniel Trasel, de São Miguel do Iguaçu, é um dos 24 atletas que
se apresentam nesta terça-feira, 07, ao técnico Dema, em Maringá, para os
treinamentos com a Seleção Paranaense Infanto-Juvenil (93). A preparação é
para o Campeonato Brasileiro de Seleções, que acontece de 12 a 19 de
setembro, em Anápolis (GO).

Jogador 1m98 de altura, e que atua em várias posições, Trasel reúne
qualidades que deixam o técnico Alvaro Depiné, confiante que ele possa
conquistar uma das vagas na Seleção, mesmo sendo nascido um ano antes desta
categoria. Dos 24, apenas 10 atletas vão disputar a competição nacional.
“Acredito que ele tem plenas condições de se assegurar no grupo que vai ao
Brasileiro”, diz Alvaro.

No início deste ano, o atleta de São Miguel do Iguaçu também chegou a ser
convocado pela Seleção Brasileira da categoria e dentre mais de 200 atletas
ficou entre os 24 melhores classificados.


COPA OESTE

Já a partir de sexta-feira, são Miguel do Iguaçu vai com duas equipes para
disputar a 4ª etapa da Copa Oeste na cidade de Marechal Cândido Rondon.

As estréias acontecem contra Foz do Iguaçu as 17h na categoria 95, no
ginásio da Vila Gaúcha e as 19 na categoria 92, no ginásio do Martin Luther.
No sábado serão mais dois jogos cada. Contra Céu Azul as 10h30 (92) e as
11h30 (95) e contra Cascavel as 15h30 (95) e às 18h (92).

O voleibol de São Miguel do Iguaçu conta com o apoio da Prefeitura
Municipal, Uniguaçú Faesi,Ortodontia Borrille,Stop Modas e Dométrica Via
Embratel

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

JOGOS ABERTOS

Assis recebe atletas de toda a região

Começa nesta sexta-feira(27) a fase regional oeste dos Jogos Abertos do Paraná, que mais uma vez terá como sede a cidade de Assis Chateaubriand. A estrutura esportiva da cidade estará recebendo mais de 100 equipes de 35 cidades da região que terão um objetivo comum – garantir classificação para a fase final, que será disputada entre os dias 8 e 15 de outubro, em Maringá.

Até agora, apenas o campeão de cada modalidade tem assegurada a vaga na final, mas outras vagas deverão ser ofertadas tão logo os técnicos da Paraná Esporte concluam os cálculos de participação que indicam a quantidade de representantes por região.

Nesta sexta-feira a festa de abertura será realizada no Ginásio Tancredo Neves, a partir das 19h30. O ginásio teve seu piso completamente reformado para receber as disputas dos Japs nas modalidades de basquete, handebol e futsal. O investimento de cerca de R$15 mil teve a contribuição da Paraná Esporte, que também estará arcando com os pagamentos da arbitragem e da alimentação para os quase 2000 atletas presentes.


As disputas nas modalidades debocha, bolão, futebol, futsal, handebol, vôlei, vôlei de praia e xadrez começam no sábado. O basquete terá sua programação iniciada na terça-feira. A programação pode ser acessada no site http://www.jogosabertos.pr.gov.br

AABB



Campeonato Interno de Futsal


Foram conhecidas na última segunda-feira, dia 23/08/2010, as equipes semifinalistas do campeonato interno de futebol suíço máster para atletas nascidos até 1962. O campeonato contou na primeira fase com a participação de 07 equipes, onde formaram chave única jogando entre si classificando as 06 melhores equipes. Na segunda fase as equipes foram divididas em duas chaves, jogando uma contra a outra.

Os jogos da segunda fase foram os seguintes:

SÁBADO – 14/08/2010

Clinica Odont. São Judas Tadeu 1 X 3 (3º) Beto Embalagens/Gugielmin

Salão Mulinari 0 X 0 (2º) Climede

(1º) Ótica Fátima 1 X 1 (6º) Sulamericana

QUARTA-FEIRA – 18/08/2010

(3º) Beto Embalagens/Gugielmin 6 X 1 (6º) Sulamericana

QUINTA-FEIRA – 19/08/2010

(1º) Ótica Fátima 1 X 0 (4º) Clinica Odont. São Judas Tadeu

SÁBADO – 21/08/2010

(5º) Salão Mulinari 3 X 0 (6º) Sulamericana

(3º) Beto Embalagens/Gugielmin 1 X 0 (2º) Climede

SEGUNDA-FEIRA – 23/08/2010

(5º) Salão Mulinari 2 X 3 (4º) Clinica Odont. São Judas Tadeu

(1º) Ótica Fátima 0 X 1 (2º) Climede

Com esses resultados os confrontos da semifinal serão os seguintes:


QUINTA-FEIRA – 26/08/2010

SEMIFINAIS

19:15 Salão Mulinari X Climede - jogo 1

20:15 Beto Embalagens/Gugielmin X Ótica Fátima - jogo 2

Fotos de duas equipes semifinalistas

Climede (uniforme preto)

Beto Embalagens / Gugielmin Confecções (amarelo)

INTERIOR

Olimpíadas faz sua última etapa classificatória

O distrito de Sede Alvorada receberá no próximo domingo, durante todo o dia, a última etapa das Olimpíadas do Interior. O evento organizado pela Semel (Secretaria de Esporte e Lazer) de Cascavel já realizou os jogos em nove distritos do município e programa a sua final para o dia 12 de setembro, no Ginásio Sérgio Mauro Festugatto, anexo ao Complexo Esportivo Ciro Nardi.

A partir das 9 horas, no salão de festas de Sede Alvorada, a comunidade estará disputando as duas vagas para vir a Cidade brigar pela taça das modalidades.

Para os homens há o duelo no futebol suíço e no truco. A bocha é aberto para confronto entre os dois sexos.

As mulheres ainda têm chance na canastra e as crianças de 7 a 12 anos jogam caçador.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

FÓRMULA TRUCK



Pedro Muffato: 10 anos de Truck


O Campeonato Sul-Americano e Brasileiro de Fórmula Truck dará início à segunda metade da temporada de 2010 neste domingo (22), com a sexta etapa no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina.


A corrida consolida também a marca de uma década de atuação de Pedro Muffato na categoria – foi na pista do norte paranaense que o piloto fez em 2000, a convite de Aurélio Batista Félix, a primeira participação na competição.


Muffato reconhece ter um caminhão bastante competitivo. Marcou pontos em quatro corridas, abandonou uma – a do Rio de Janeiro – quando estava em sexto lugar, por problemas de câmbio, e ocupa o décimo lugar na pontuação. “Mas há duas coisas que conspiram contra um bom resultado em Londrina”, ele aponta. “A pista não ajuda muito o meu modelo de caminhão e, além disso, eu não gosto de pista travada como aquela”, diz.


Desde a corrida de julho em Interlagos, onde foi oitavo colocado num fim de semana em que lidou com problemas de saúde, Muffato não fez nenhum treino preparatório. “A equipe está mais envolvida com a construção do novo caminhão. Aliás, Londrina, onde eu comecei na Truck, pode ser a última corrida do caminhão atual”, antecipa o paranaense, que tem no Scania número 20 as cores de Stara, Café Pilão, ZF, BorgWarner, FAG e Coopavel.


O andamento do trabalho na sede da equipe Muffatão, em Cascavel, leva o piloto a apostar na possibilidade de estrear o novo Scania já na sétima etapa do campeonato, marcada para 19 de setembro na capital argentina Buenos Aires. “É o plano. Em Londrina nós vamos trabalhar para fazer o que for possível, ninguém pode se iludir. Se der para marcar alguns pontos vamos brigar por esses pontos, o que não falta, nunca, é empenho”, comenta.


Os treinos para a etapa de Londrina terão início na tarde de sexta-feira (20). A corrida de domingo terá largada às 14h, com transmissão ao vivo da Rede Bandeirantes, com geração de imagens da paranaense Master TV.

MOTOCICLISMO



Zandavalli volta a disputar o Brasileiro


O intervalo de algumas semanas nos calendários de corridas do TNT
Superbike e do Pirelli Superbike, campeonatos aos quais tem-se dedicado nesta temporada, permitiu a Maycon Zandavalli confirmar seu retorno ao Campeonato Brasileiro de Motovelocidade.

O piloto paranaense da Spiga Racing vai participar
neste domingo (22) das provas da terceira etapa, no Autódromo Internacional de Curitiba, pela categoria Superbike, a principal. Foi no Brasileiro que Zandavalli teve, ainda em 2009, seu primeiro contato com a Superbike, tendo disputado as três últimas etapas. Em 2010, ele participou da primeira etapa, disputada em Interlagos no dia 18 de abril.

Obteve terceiros
lugares nas duas baterias e saiu de São Paulo na vice-liderança. O paranaense não participou das provas da segunda etapa, desenvolvidas no circuito gaúcho de Santa Cruz do Sul na tarde de 23 de maio. As quatro baterias integrantes das duas primeiras etapas tiveram Pierre Chofard como vencedor.

O piloto paulista, líder isolado do Brasileiro, não disputa a
etapa curitibana. Estaria em ação, também no domingo, em São Paulo, na terceira etapa da categoria 600 Hornet do Racing Festival, sua prioridade nas competições de 2010.

Contudo, submetido a uma cirurgia para extração do apêndice há poucos
dias, mantém repouso médico e não corre. “A gente sabia que o Pierre não iria correr em Curitiba porque teria prova do outro campeonato dele em São Paulo, e fiquei preocupado quando soube que ele tinha sido operado. Felizmente está tudo bem com ele”, diz Zandavalli.

“Correr
contra o Pierre sempre valoriza um bom desempenho de um piloto, ele é um dos melhores do Brasil, sem dúvida, um ótimo referencial. Com ele ou sem ele, a meta seria correr para vencer. Então, vamos ao trabalho”, acrescenta. Zandavalli, que exibe em sua Honda CBR 1000RR a logomarca da Ronin Tools, sua apoiadora, faz uma aposta sólida na conquista da vitória em Curitiba. “É uma pista onde eu me saio muito bem, a equipe tem uma linha de trabalho bem eficiente para lá”, enaltece o piloto da cidade de Cascavel, que em abril obteve no traçado curitibano a segunda posição na segunda etapa do TNT Superbike, numa prova disputada com pista molhada. “Estou bem otimista, mesmo”.

Os treinos para a terceira etapa do Brasileiro de Motovelocidade serão iniciados na manhã deste sábado (21).

Depois de duas etapas, consideradas as
bonificações atribuídas em cada evento, os 10 primeiros na tabela de classificação da categoria Superbike no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade são:

1º) Pierre Chofard (SP), 106

2º) Sarin Carlesso (RS), 44
3º) Maycon Zandavalli (PR), 40
4º) José Luís Teixeira Júnior (SP), 38
5º) Rogério Fernandes (RS), 36
5º) Luiz Carlos Cerciari (SP), 36
7º) Alan Douglas dos Santos (SP), 31
7º) Carlos Barcelos (RS), 31
9º) Leandro Rad (RS), 29
10º) Bruno Corano (SP), 22

Texto: Luciano Monteiro
Foto: Marcelo Soares

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

JUDÔ



Projeto Geração Olímpica será ampliado

Criado em Toledo 2006 em Toledo, o Projeto Social Geração Olímpica de Judô deverá ser ampliado ainda em 2010 e poderá ganhar proporções nacionais. A previsão é do técnico e idealizador do projeto, Ricardo Batista dos Santos na parceria com Associação Ricardo Santos/Secretaria de Esportes e Lazer/Prefeitura de Toledo.

Atualmente, o GO é desenvolvido apenas no Polo do Caic, no Jardim Boa Esperança e atende a quase 200 crianças de 5 a 12 anos de idade, oriundas do próprio bairro, que se reúnem em contra-turno escolar nas terças e quintas-feiras, com outros alunos do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI).

A meta prevista para os próximos meses é ampliar o local de treinamentos de iniciação, criar novos horários e atender a mais crianças dos bairros arredores, buscando também parcerias com a iniciativa privada para a aquisição de quimonos, visto que boa parte dos atendidos ainda não possui a roupa característica para essa prática.

“Nossa diretoria está dando um suporte nessa busca de parceiros e está encontrando respaldo da iniciativa privada devido aos resultados já apresentados pelo projeto”, frisou o técnico.

Quando fala em resultados, Santos se refere a algumas revelações que GO já apresentou para o Estado como Guilherme da Rocha (campeão dos Jogos da Juventude), Keila Trazíbio (campeão Jogos da Juventude, 5º lugar no Campeonato Brasileiro Juvenil), Luana Gabriele (3º lugar Campeonato Estadual Pré-Juvenil), Ana Laura Spindola (vice-campeã Estadual 2010), Brenda Garcia (campeã Estadual Mirim 2010), dentre outros que começam a despontar.

A idéia com essa ampliação é alcançar patamares mais elevados para o judô local sem ultrapassar algumas etapas – “Primeiro tiramos do projeto e passamos ao rendimento e posteriormente para as seleções do município. Depois pensamos no Estado e por último, o foco passa a ser as Seleções Nacionais l”, acredita.

Em pouco mais de quatro anos do GO, Ricardo Santos tem uma distinção curta, mas bem objetiva sobre o projeto – “O maior retorno foi oportunizar as crianças a arte de conhecer o judô, suas regras e ensinamentos e principalmente possibilitar algo tão simples a elas – o sonho – já que muitas delas precisam apenas de um incentivo para ser algo na vida”, garante o técnico com propriedade, pois, também veio de projeto social e além de atleta de ponta, já foi técnico Seleções Brasileiras no Campeonato Pan-americano e Sul-americano, na Venezuela, em 2001 e Costa Rica em 2005 e acumulou de 2005 a 2007, o cargo de técnico da Seleção Brasileira Paraolímpica e por quase 10 vezes foi técnico das Seleções do Paraná, em competições nacionais.


Jogos equilibrados marcam 1ª rodada

Os jogos da 1ª rodada do Campeonato Interno de Futsal da Associação Atlética Comercial (Caifusa) foram marcadas pelo equilíbrio.

Nas partidas de sábado (14) da categoria Adulto o placar mais dilatado foi a vitória da Tintavel/DLB diante a WM7/Agroeste/CCBEU por 8 a 4. Nas outros jogos, vitórias por vantagem mínima ou empate: Karter Auto Peças 2x1 Moreschi, Gesso Novo Estilo 3x2 Lambari Manutenções, Ortodontia Taffarel/Distribuidora Karter 4x3 Amazul, Mythus Telecom 5x4 Contábil Plus e Pelicatto/Organac 6x6 All Caponi.

Pelo Super Quarentinha, a maior vitória obtida por uma equipe foi por dois gols de diferença. Trata-se da Polibol Mangueiras, que venceu a Embalagens Novo Mundo por 7 a 5. A rodada inaugural desta categoria teve ainda as vitórias de 3 a 2 do Aquecedores Ivair/Prestivel sobre a Móveis All Caponi e por 5 a 4 da Cattani Sul-Concert House diante a Estofados IstoÉ.

Mais informações sobre o 28º Caifusa podem ser acessadas no site: http://caifusa.no.comunidades.net

terça-feira, 27 de julho de 2010

FÓRMULA TRUCK


Com saúde debilitada, Muffato pontua em oitavo

Princípio de intoxicação submete piloto paranaense a condições de competitividade adversas em Interlagos Foi sob condições precárias de saúde que Pedro Muffato foi à pista neste domingo (25), na quinta etapa do Campeonato Sul-Americano de Fórmula Truck. O piloto paranaense da equipe Muffatão, décimo no grid, conduziu seu caminhão Scania à oitava colocação na classificação final da corrida em Interlagos, vencida pelo paulista Roberval Andrade, também com um Scania. “Nessas circunstâncias, considero esse oitavo lugar um resultado muito bom”, comentou.

“Eu passei os dois últimos dias debilitado, por causa de um princípio de intoxicação. Foi alguma coisa que comi na sexta-feira”, contou o piloto. “Não pude me alimentar direito e isso me prejudicou na corrida, tive que dosar bastante meu ritmo. A garganta também me judiou um pouco. Se não fossem esses problemas, acredito que estaria na parada por um lugar no pódio”, acrescentou. O resultado o manteve o grupo dos 10 primeiros na classificação do campeonato.

Muffato tem seu caminhão número 20 decorado nas cores e logomarcas de Stara, Café Pilão, ZF, BorgWarner, Muffatão, FAG e Coopavel. “Aqui, não tive problemas com o caminhão. Consegui fazer um bom treino classificatório e acho que fiz uma corrida boa, também. Poderia ser melhor, claro, mas quando a saúde não está 100%, as coisas ficam mais difíceis”, arrematou. A sexta etapa da Truck será disputada no dia 22 de agosto, no autódromo de Londrina.

Após 19 voltas válidas, o resultado da quinta etapa dos campeonatos Sul-Americano e Brasileiro de Fórmula Truck, neste domingo em Interlagos, foi:

1º) Roberval Andrade (SP/Scania), Scania Corinthians Motorsport, 1h00min27s298
2º) Leandro Totti (PR/Mercedes-Benz), ABF Competições, a 2s706
3º) Paulo Salustiano (SP/Volvo), ABF Competições, a 17s793
4º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen), RM Competições, a 17s812
5º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF Competições, a 19s145
6º) Renato Martins (SP/Volkswagen), RM Competições, a 19s405
7º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, a 19s716
8º) Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, a 23s716
9º) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), ABF Competições, a 44s003
10º) Fred Marinelli (SP/Marinelli Competições), a 44s683
11º) André Marques (SP/Scania), RVR Corinthians Motorsport, a 44s838
12º) Vignaldo Fízio (SP/Ford), ABF Competições, a 56s445
13º) Cristiano da Matta (MG/Iveco), Scuderia Iveco, a 58s129
14º) Débora Rodrigues (SP/Volkswagen), RM Competições, a 58s537
15º) Fabiano Brito (PR/Volvo), ABF Competições, a 1min09s504
16º) João Marcos Maistro (PR/Volvo), Clay Truck Racing, a 2 voltas
17º) José Cangueiro (SP/Mercedes-Benz), Mercalf Competições, a 2 voltas
18º) Leandro Reis (GO/Scania), Original Reis, a 3 voltas
19º) Danilo Dirani (SP/Ford), Ford Racing Trucks, a 3 voltas
NÃO COMPLETARAM
Adalberto Jardim (SP/Volvo), AJ5-Boessio Competições, a 7 voltas
Andersom Toso (RS/Ford), Ford Racing Trucks, a 8 voltas
Valmir Benavides (SP/Volkswagen), RM Competições, a 11 voltas
Diumar Bueno (PR/Volvo), ABF Competições, a 14 voltas
Bruno Junqueira (MG/Ford), Ford Racing Trucks, a 14 voltas
José Maria Reis (GO/Scania), Original Reis, a 15 voltas

CLASSIFICAÇÃO
Com o campeonato tendo chegado à metade, a classificação da F-Truck é a seguinte: 1º) Giaffone, 98 pontos; 2º) Benavides, 97; 3º) Cirino, 91; 4º) Andrade, 72; 5º) L. Reis, 48; 6º) Salustiano e Piquet, 43; 8º) Totti, 35; 9º) Martins, 33; 10º) Muffato e Monteiro, 26; 12º) Marques, 23; 13º) Dirani, 20; 14º) Jardim, 17; 15º) Bueno, 16; 16º) Rodrigues, 14; 17º) Marinelli, 12; 18º) Junqueira e J. Reis, 9; 20º) Cangueiro, 7; 21º) Maistro, 5; 22º) Da Matta, 4; 23º) Toso e Fízio, 3; 25º) Brito, 1.

Texto: Luciano Monteiro - (45) 9912-7040 - Twitter: @lucmonteiro
Crédito das fotos:
Orlei Silva

MOTOCICLISMO


Zandavalli em Interlagos

Maycon Zandavalli terá em agosto um dos meses mais movimentados da temporada da motovelocidade nacional. O paranaense da Spiga Racing viaja a São Paulo para dois compromissos consecutivos - neste domingo (1º), vai disputar a quarta e penúltima etapa do Pirelli Superbike. No domingo seguinte (8), estará de volta à pista para a quinta das oito provas do calendário do TNT Superbike. As duas corridas acontecerão no autódromo de Interlagos.

A realização de corridas dos dois campeonatos num intervalo de oito dias exige mais preparação, segundo o piloto. “Principalmente porque, normalmente, o trabalho vive fases, umas que são boas, outras ruins. Então, a gente precisa fazer o possível e mais um pouco para estar numa fase boa agora”, comenta Zandavalli. “No dia da corrida, tudo pode acontecer, mas antes disso é muito trabalho na sede da equipe, principalmente”, acrescenta o piloto de 26 anos.

As duas primeiras etapas do Pirelli Superbike aconteceram no início do ano, quando Zandavalli vivia uma fase de adaptação básica às corridas de motos. Abandonou a primeira corrida, depois de uma queda. Na seguinte, foi sétimo. Seu primeiro pódio aconteceu na terceira etapa, um mês atrás, com um quinto lugar – o resultado foi-lhe confiscado pelos comissários desportivos. O paranaense é 13º na classificação do campeonato, liderado por Bruno Corano.

“Eu não tenho chance de título no Pirelli Superbike, mas acho importante participar da corrida. É um campeonato com um nível muito forte, para quem está aprendendo, ainda, cada corrida é uma escola”, considera Zandavalli. “É claro que vou para ganhar, e nossa condição pra ganhar corridas está boa, mas o principal é melhorar essa condição para a corrida do TNT Superbike. Nesse campeonato, a equipe e eu vamos buscar o título de 2010”, avisa.

No TNT Superbike, depois de conquistar a primeira vitória em Interlagos, Zandavalli viveu uma etapa de dificuldades há duas semanas no Rio de Janeiro. Foi o mais rápido nos treinos livres. Na corrida, teve uma queda na primeira volta e acabou beneficiado por uma intervenção do safety car, após um acidente com o paulista Paulinho Gabriel. Na relargada, contudo, perdeu contato com os líderes e, fora da disputa pela vitória, terminou em nono lugar.

“O que aconteceu no Rio foi justamente o contrário do que é combinado na reunião dos pilotos”, alerta Zandavalli. “Para a relargada, todos devem manter o mesmo ritmo, mas havia pilotos no meio da fila que ficaram lentos, seguraram os que vinham atrás, como era meu caso. Quando passei na linha de relargada, eu já estava mais de 16 segundos atrás do líderes, e faltavam poucas voltas. A chance de um pódio era grande, mas não pude fazer nada”, relata.

O nono lugar no Rio de Janeiro foi suficiente para Maycon Zandavalli subir uma posição na tabela de classificação. Ele agora é o quarto, com 64 pontos. Na liderança aparece José Luís Teixeira “Cachorrão” Júnior, com 86. Alecsandre di Grandi, com 82, e Murilo Colatrelli, com 81, são segundo e terceiro. Entre as duas corridas em Interlagos, Zandavalli permanecerá em São Paulo, participando dos cursos de pilotagem ministrados pelo piloto Alexandre Barros.

Texto: Luciano Monteiro - (45) 9912-7040 - Foto: Marcelo Soares