CONTATOS

E-mail: esportecascavel@gmail.com
MSN: dokruger@hotmail.com
Twitter: www.twitter.com/esportelocal
Fone: 45 9949 1863

quinta-feira, 26 de março de 2009

NEM A SEGUNDA, NEM A SEGUNDA





Não se classificou e nem rebaixou. Isso já é uma vitória.

“Dever cumprido”. Estas foram as últimas palavras de Rudinei Lucas ao deixar o campo após o empate em 0 a 0 com o Paranavaí ontem. O empate, aliado à “mãozinha” do Toledo frente ao Foz que venceu por 4 a 1 e o Paraná Clube que também goleou o Iguaçu pelo mesmo placar, não foi suficiente para rebaixar a equipe. Mas também não classificou. Assim, o Cascavel se despede de cabeça erguida frente a todas as dificuldades ao longo da competição.

Chances perdidas

O time, pelas oportunidades perdidas no jogo de ontem não merecia mesmo classificar. O futebol é uma soma de fatores. Primeiro, trazer a equipe até aqui lutando na última rodada pela classificação é mérito da diretoria e do trabalho de Rudi. O time foi derrotado entes de entrar em campo no primeiro jogo. Foi derrotado pela falta de apoio do empresariado cascavelense, que quer um time que represente a cidade, mas na hora de contribuir sai de fininho.

Tudo como dantes

O futuro do Cascavel Clube Recreativo é uma incógnita. Amauri Zebrão, diretor de futebol, disse que ontem foi o último jogo dele no clube. Bordignon, que fez das tripas coração para manter salários e luvas em dia, parece que também abrirá mão do cargo. Quem assumirá o barco à deriva, sem o timão de Jair e seus marujos?

A raça

Célio, zagueiro do Cascavel foi quem, talvez, melhor mostrou o que foi a equipe em toda a competição. Firme e determinado na marcação, não tinha com quem jogar quando subia ao ataque. Mero reflexo dentro de campo do que acontece fora dele.

Rudi não é burro

Apesar dos protestos da torcida ontem quando gritou burro para Rudinei Lucas ao tirar Irineu, Rudi apenas cumpriu seu trabalho. Sem peças de reposição, colocar Marabá foi talvez, a última coisa sensata que alguém fez no CCR. Daqui para frente, não saberemos mais o que será sensato. Cascavel acaba assim: nem na segunda divisão, nem na segunda fase. Futebol e dinheiro combinam tanto quanto feijão com farinha.

2 comentários:

Anônimo disse...

Parabens aos Jogadores, Comissão Técnica e Diretoria pelo esforço e trabalho que fizeram sem dinheiro.
Parabens aos poucos abegnados que ajudaram ao Cascavel, vide Pedrinho Muffato.
Agora vamos pensar e ver as pessoas que se aproveitam da situação para aparecer e depois puram fora do barco, principalmente em época de Eleição e usam da Diplomacia no momento oportuno. Estes não merecem as considerações.

Gabriela Couto disse...

Foi uma grande epopei Diego... Nós que acompanhamos de perto sabemos das dificuldades!
Gostei do blog ;) só fiquei sabendo dele agora com o e-mail q vc enviou, excelente iniciativo! Vc vai muito longe :D